Menu

sexta-feira, 5 de abril de 2019

Entendendo as versões Ubuntu

Confira nessa matéria o que são cada versão do Ubuntu e seu ciclo de vida.








O ciclo de vida do Ubuntu e a cadência de lançamento


A Canonical publica novos lançamentos do Ubuntu em uma cadência regular, permitindo que a comunidade, as empresas e os desenvolvedores planejem seus roteiros com a certeza de acesso aos recursos upstream de código aberto mais recentes.


Os números da versão são YY.MM


Lançamentos do Ubuntu recebem um codinome de desenvolvimento ("Breezy Badger") e são versionados por ano e mês de entrega - por exemplo, o Ubuntu 17.10 foi lançado em outubro de 2017.

Suporte a longo prazo e releases provisórios


Lançamentos LTS ou "Long Term Support" são publicados a cada dois anos em abril. As versões LTS são as versões "enterprise grade" do Ubuntu, e são muito mais usadas (algo como 95% de todas as instalações do Ubuntu são versões LTS). Por exemplo, 12.04 LTS, 14.04 LTS, 16.04 LTS e 18.04 LTS assumiram sucessivamente a posição de liderança em todas as nuvens públicas como as imagens de sistema operacional mais populares.

A cada seis meses entre as versões LTS, a Canonical publica uma versão provisória ( Ínterim ) do Ubuntu - 17.10 foi um exemplo. Estes são lançamentos de qualidade de produção e são suportados por sua vida útil (o que é suficiente para levá-lo até a próxima versão), mas eles não recebem o compromisso de longo prazo dos lançamentos LTS.







As versões provisórias ( ínterim ) apresentarão novos recursos dos projetos de código aberto da Canonical e do upstream e servirão como campo de testes para esses novos recursos. Muitos desenvolvedores executam releases provisórios porque eles fornecem compiladores mais novos ou acesso a novos kernels e bibliotecas mais novas, e eles são frequentemente usados em processos devops rápidos como pipelines de CI / CD, onde a vida útil de um artefato provavelmente é menor do que o período de suporte do lançamento provisório. As versões provisórias ( ínterim ) recebem manutenção de segurança completa para "principal" durante sua vida útil.


Fonte


Ciclo de vida das versões.


Veja no ultimo quado a data de final de suporte para cada versão.




Manutenção de segurança estendida


A Manutenção de Segurança Estendida é uma opção paga através do Ubuntu Advantage para obter atualizações de segurança estendidas para pacotes de servidores selecionados.





Versões descontinuadas

Essas versões não devem mais ser usadas.






Fonte


Opinião pessoal



Aqui quero deixar uma coisa bem clara, eu não sou e nunca serei um "produtor de conteúdo", não uso e também nunca irei usar o Google trends para ver sobre o que irei falar hoje, o que ira me render mais page view ou clicks, isso é coisa dos modinhas. Minha opinião é baseada puramente em experiencia no suporte aos usuários GNU/Linux nos fóruns que participo, toda dúvida de usuário que eu ajudo é documentada nesse blog na forma de uma matéria, portanto não espere que eu seja um abestado sorridente de youtube, eu sou o cara que estuda documentação e passa o que aprende para o próximo, um compartilhador de conhecimento, é isso que sou.

A minha opinião é a seguinte:

Versão Ínterim - Não devem ser usadas por iniciantes por serem uma encubadora de pacotes novos e muitas vezes altamente instáveis, aconselho que só usuários intermediários as use, além desse fator elas também tem ciclo de vida curto e isso força o usuário a fazer upgrade de versão constantemente, para um computador de produção isso é inviável/loucura.

Ubuntu 18.10

Ubuntu 19.04


Versão LTS - São recomendadas a todo tipo de usuário, tem um ótimo nível de estabilidade dos pacotes e um ciclo longo de vida.

Ubuntu 16.04

Ubuntu 18.04


Eu estou te ajudando? Faça uma doação!!
















Nenhum comentário:

Postar um comentário