Menu

sábado, 20 de julho de 2019

Primeiros passos do iniciante no Debian Buster

É inevitável uma surra ao chegar no Debian, isso é com todos e você não deve desistir.
Para tentar amenizar essa chegada no papai Debian e tornar ela mais amigável criei essa matéria.






Cartas na mesa


Em primeiro lugar, no Debian as coisas são como são e cabe a você aceitar e ponto.

Algumas dicas de ouro.


Debian não é Ubuntu e nem como as suas refisefuquis.

Debian é estável por ser congelado, não destrua a estabilidade com pacotes de terceiros e ou instáveis.

Debian tem politicas internes rígidas quanto a qualidade dos programas, portanto programas são removidos dele.

Aprenda usar a documentação Debian para resolver seus problemas, RTFM.

Leia as notas de lançamento, isso é obrigatório, pode parar de MIMIMI e leia.

Esqueça a maldita modinha de brincar de instalar kernel.


Driver


Esse é o ponto mais delicado no Debian, de um lado a politica interna de não uso de firmware proprietário, do outro o user final iniciante.

O problema mais chato é o relacionado ao driver de rede wifi, isso quando não se tem rede por cabo, que a grande maioria das placas são reconhecidas por firmware livres presentes no kernel (Linux).

Quando o Debian não reconhece a sua wifi

É só seguir a matéria do link abaixo.

"Muitos usuários se perdem ao tentar instalar o Debian tendo apenas conexão wifi, não tem cabo, se esse é o seu caso leia essa matéria."

Firmware non-free para a instalação do Debian





Sudo e Gksu


Em primeiro lugar você deve resolver o problema com o PATH para poder usar o su, leia a matéria abaixo.




A primeira diferença em relação as demais distribuições, é a ausência do comando sudo, para resolver isso, abra o terminal e de os comandos abaixo.

Sudo


su

apt install sudo 

Outro problema também relacionado ao sudo, é o erro de seu usuário não está no sudoers, para resolver isso de os comandos abaixo no terminal ( Altere seuuser no comando pelo seu nome de usuário.

su

adduser seuuser sudo

Os dois problemas também podem ser solucionados sem usar o sudo, você pode se acostumar a usar o su para logar como root e dar seus comandos sem o sudo no inicio.

Gksu


O comando gksu foi removido do Debian, para contornar esse problema confira a matéria abaixo.



Reinicie o computador para que o sudo ira funcionar.


Repositório


Vários usuários tem duvidas quanto que repositório usar ( Sources.list ).

No Debian você pode usar quatro tipos de repositórios.


Main - É o padrão do sistema e só contem pacotes livres, como pede a politica Debian.

Contrib - Contem programas de terceiros que possuem dependências não livres.

Non-free - Contem programas de terceiros não livres.

Backports - Contem programas livres ( pode conter pacotes que precisem de dependências não livres ) em versões atualizadas, com uma ótima qualidade e baixo índice de bugs.


Quanto aos repositórios testing, unstable e experimental, não os use de forma alguma no seu Debian stable, assim como pacotes .deb de fora do repositório Debian.

Para ter um repositório completo om non-free habilitado confira a matéria abaixo, caso não precise do non-free deixe como está.

Sources.list completa para o Debian 10 Buster





Codecs e plugins.



No Debian Buster é totalmente desnecessário habilitar repositórios de terceiros e ou non-free para se ter um ótimo pacotes de codecs e plugins.

Confira a matéria abaixo.

Plugins e codecs free para Debian



Arquitetura i386 em sistemas amd64.



Adicionar a arquitetura .386 é fundamental no caso da instalação de alguns programas que usam essa arquitetura, alguns exemplos.


Wine

Steam

Drivers de vídeo


Para adicionar a arquitetura i386 em seu apt-get, de o comando abaixo.


sudo dpkg --add-architecture i386

Atualize o apt-get com o comando abaixo.

sudo apt update


Pronto, quando for instalar um programa no seu sistema amd64 que precise de pacotes i386, a instalação sera automática.


Java da oracle.


Nessa parte poderíamos usar uma PPA mas a que existia foi descontinuada, para ter o Java da Oracle confira a matéria abaixo.

Java da oracle para Debian, Ubuntu e derivados




Central de programas


O iniciante gosta de facilidade, para facilitar a procura de programas e a sua instalação, instale a central de programas do Gnome.

No terminal de os comandos abaixo.

su

apt install gnome-software


Assim fica mais fácil a pesquisa e instalação de novos programas no seu Debian.




Touchpad


Caso seu touchpad não seja reconhecido ou algumas funções não funcionem, resolva instalando os pacotes abaixo.


sudo apt install firmware-linux-nonfree xserver-xorg-input-synaptics

Programas que não se encontram no repositório


Em primeiro lugar, nunca e de forma alguma use pacotes .deb do Ubuntu, Mint, Deepin ou alguma remasterização no Debian.

Não faz sentido algum optar por um sistema operacional congelado para conseguir ser estável e destruir a estabilidade com pacotes de terceiros e dependências desencontradas, nunca faça isso.

Para esses programas nos dias de hoje nos temos 3 tipos de empacotamento que não comprometem o seu sistema operacional, eles são uma especie de portable do Windows.

Snap

Flatpak

Appimage


Para conferir se o programa não existente nos repositórios Debian se encontra disponível por algum dos empacotamentos acima, faça uma busca no link abaixo.




AppImage


Os pacotes que você encontrar disponíveis por AppImage confira abaixo como os instalar no seu Debian.





Snap e flatpak



Para os pacotes Snap e Flatpak confira na matéria abaixo como adicionar suporte a eles no seu Debian.



A pegadinha do malando do Debian



O Debian utiliza metapacotes para a instalação do ambiente gráfico e os APP, esses metapacotes são apenas uma lista de pacotes a serem instalados, o problema é que pelo fato de esses pacotes terem sido instalados por outro o metapacote, se cria ligações de dependências.

Resumindo, ao remover um pacote instalado pelo metapacote você acaba removendo o ambiente gráfico inteiro kkkkkkkkkkk

Para resolver esse detalhe confira a matéria abaixo.

Ao remover um programa no Debian o apt removeu o Gnome.



O básico é isso, assim você já não vai sofrer com o Debian :)

Se tem dificuldade em mais algum ponto não abordado aqui, deixe seu comentário para que eu adicione uma dica para a sua dificuldade, ela sera útil para mais pessoas.

Eu estou te ajudando? Faça uma doação!!










3 comentários:

  1. Olá boa noite lobo sou iniciante no debian buster. Gostaria de saber se consigo instalar o google chrome uma versão estável para o sistema operacional. Seguindo a dica que vc falou. "Nunca instalar pacote .deb" Sempre buscar no repositório da distribuição. Ou eu possa ter digitado errado ao instalar o google chrome. Digitei os seguintes comandos ao tentar instalar. "apt-get install chrome-stable","apt-get install google-chrome
    ","apt-get install googlechrome". Todos os comando deu a seguinte saída: "Construindo árvore de dependências
    Lendo informação de estado... Pronto
    E: Impossível encontrar o pacote googlechrome
    ". Devo adicionar algum repositório do google chrome ?
    Faz um tutorial ai para nós que visita seu site. Seria de boa serventia. Desde já agradeço pelo seu conhecimento e paciência com nós novatos !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo, o Chrome não faz parte dos repositórios do Debian. Se fizer questão de usar o navegador do Google (e não o Firefox, que já vem instalado), você tem duas opções: 1) baixar o pacote .deb que o próprio Google oferece ou 2) usar o Chromium (que é uma espécie de Chrome de código aberto). Para instalar este último, basta digitar "sudo apt install chromium" no terminal. Se quiser remover, "sudo apt remove chromium".

      Quer uma sugestão melhor ainda para você que é novato? Instale já e aprenda a usar o timeshift "sudo apt install timeshift". Esse programa cria uma "imagem" (snap) do seu sistema e permite que você restaure o sistema caso faça alguma besteira. Assim você pode, por exemplo, testar o Google Chrome. Se alguma coisa der errado, você restaura o sistema.

      No mais, sempre que possível, use os flatpaks (https://flathub.org). Infelizmente, não há flatpak para o Chrome.

      Excluir
    2. Quando for assim ise a pesquisa do grupo, vai te ajudar a encontrar o que precisa rapidamente. Ta ai https://linuxdicasesuporte.blogspot.com/2017/02/instalar-google-chrome-no-debian-e.html

      Excluir