Menu

domingo, 24 de junho de 2018

Calamares o novo instalador do Debian Live

Apos um longo tempo sem um instalador gráfico para o Debian live, aparentemente agora teremos o Calamares para suprir essa falta. Confira nessa matéria os detalhes dessa novidade Debian Buster.








Calamares


A idéia de Calamares surgiu do desejo de várias distribuições independentes do Linux para se unir e trabalhar em um instalador de sistema compartilhado. Em vez de todos trabalharem em sua própria implementação e forquear garfos, por que não trabalhar juntos em algo que pode ser usado por muitos?

O que é Calamares





Calamares é uma estrutura de instalação. Por design é muito personalizável, a fim de satisfazer uma ampla variedade de necessidades e casos de uso.

Calamares pretende ser fácil, utilizável, bonito, pragmático, inclusivo e independente de distribuição.

O Calamares inclui um recurso de particionamento avançado, com suporte para operações de particionamento manual e automatizado. É o primeiro instalador com uma opção “Substituir partição” automatizada, o que facilita a reutilização de uma partição repetidamente para testes de distribuição.

Tem uma distribuição Linux, mas não instalador do sistema? Capture Calamares, misture e combine qualquer número de módulos Calamares (ou escreva seus próprios em Python ou C ++), junte algumas marcas, empacote e você estará pronto para enviar!

O que Calamares não é

O Calamares não é um instalador do Manjaro Linux, nem um instalador do KaOS, nem um instalador do Maui, ou mesmo um instalador para distribuições baseadas no Arch Linux. Calamares é um produto independente. A equipe de Calamares trabalha em estreita colaboração com distribuidores Linux para fornecer a melhor experiência para seus usuários.

O Calamares não pretende ser o instalador “padrão” definitivo do desktop Linux. Muitas distribuições já têm soluções de instalação do sistema mais maduras, mas algumas não, e é aí que o Calamares pode ser útil.

Fonte


Calamares no Debian



O Debian live passou por uma grande mudança, essa inutilizou o seu antigo instalador gráfico e o que levou a live não ter por anos um instalador gráfico próprio, e ainda não o tem, mas com a entrada do Calamares no Debian isso mudou

Debian também não tinha um live do testing free, mas recentemente as imagens estão sendo liberadas nos links abaixo.

Debian testing live free amd64

Debian testing live free i386


Além do Debian free temos também a imagem não oficial do non-free, ela contem drivers proprietários que devido as politicas Debian não podem ser distribuídos na imagem oficial, você pode obter as imagens nos links abaixo.

Debian testing live non-free amd64

Debian testing live non-free i386

Instalando o Debian live


O instalador fica no menu Sistema > Install system

Na primeira tela você seleciona a linguagem.





Na segunda tela você seleciona a sua localização.




Na terceira tela você seleciona a linguagem do teclado.





Na quarta tela você tem o particionador gráfico do disco.




Na quinta tela você cria o seu usuário do sistema.




A sexta tela é o resumo doa que você configurou para a instalação.






A sétima tela é a instalação do sistema no disco rígido, aguarde ...


Live installer


Algo que alguns não sabem, todo instalador gráfico live não instala um sistema operacional como o Debian tradicional o netinst.

No Debian a instalação literalmente é feita pacote por pacote utilizando a internet ou um servidor de pacotes, nas distribuições que usam o sistema live não existe uma instalação do sistema, o que existe é uma copia de um backup de um sistema para o seu disco rígido.

A grande vantagem desse método é o de você não precisar de uma conexão com a internet para instalar o Debian, a imagem com todo o sistema está compactada na .iso que você fez o download e gravou em um DVD/Pendrive.

Nas demais distribuições esse processo de backup é mascarado por um "Instalando o sistema", mas no Debian é deixado explicito o processo real como "Unsquash Filesystem", que é o mesmo que "descompactando a imagem '/lib/live/mount/rootfs/filesystem.squashfs' para o disco rígido"

Mesmo tendo agora esse tipo de instalador, o tradicional continua disponível no boot do live para os mais tradicionais.









Ao final reinicie a maquina e use o seu Debian instalado no disco rígido.




Ai está.




Opinião



Para mim essa foi a melhor coisa que que o Debian fez nos últimos anos, foram deixados de lado os egos que só prejudicaram o live e presentearam os iniciantes com uma instalador super fácil e intuitivo.

O Calamares ira trazer muitos novos usuários ao mundo Debian.

Parabéns aos desenvolvedores do Calamares por esse ótimo software.

Pagina do desenvolvedor.


Donate - Contribua para a melhoria do nosso trabalho!!




















10 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Boa Noticia, Calamares é muito fácil de usar e dividir o hd para instalar lado a lado, como o Lobo escreveu, novos usuários virão para o debian!!!

    ResponderExcluir
  3. Excelente notícia. Parabéns equipe DebuaD.

    ResponderExcluir
  4. Calamares bugado no debian-live-testing-mate-64bits pois não reconheceu meu ssd que foi reconhecido normalmente pelo instalador "gráfico-padrão"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Experimente montar a raiz do SSD, bug já reportado, mas nunca é d+ contribuir reportando aos mantenedores, esse é o espirito de se usar o testing.

      Excluir
  5. instalei num pen drive o debian testing, e quando clico no calamares, ele n'ao abre!!! no meu caso e hd e n'ao ssd, estou usando agora o live!!! para escrever esse texto!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Iso corrompida no download ou gravação, use wget para baixar e dd para gravar, o mais importante, vc está tentando usar uma versão de testes e isso exige conhecimento ao menos intermediario de GNU/Linux, isso te daria conhecimento para abrir o soft pelo terminal, descobrir o problema e resolver.

      Excluir
    2. obrigado pela dica, vou pesquisar a respeito do wget e ver se consigo mexer direito nisso, não sei se tem a opção para baixar o testing por torrent, acho que não daria problema desse jeito???

      Excluir
    3. Não tem torrent, com wget pode usar o exemplo abaixo, com ele vc continua o download que parou, evita problemas.

      wget -c https://cdimage.debian.org/cdimage/weekly-builds/amd64/iso-cd/debian-testing-amd64-netinst.iso

      Excluir