Menu

domingo, 15 de julho de 2018

Remaster-GTK 2.3.7 para Debian Buster e Ubuntu 18.04

O Remaster é um fork do remastersys-GTK,trazendo todas as suas características e varias melhorias.
Com este programa você ira poder criar backup do seu sistema operacional.







Remaster GTK 2018



O Remaster é um fork do remastersys-GTK,trazendo todas as suas características e varias melhorias.
Com este programa você ira poder criar backup do seu sistema.
O Remaster foi desenvolvido para a distribuição Debian e derivados que mantenham as suas características.

A atual versão 2.3.7 é compatível com Debian Buster e família Ubuntu 18.04, com novas funcionalidades e agora com interface padronizada para as duas versões.





Está apresentado em duas linguagens,inglês e português,com uma interface intuitiva , explicativa e de fácil entendimento.

A versão Debian vem com instalador gráfico Calamares.




A versão para Ubuntu segue com o instalador padrão do Ubuntu, não vejo necessidade de uso do Calamares nele por ser menos adequado ao Ubuntu.




Notas de versão



Troca do instalador Mint pelo Calamares na versão Debian, com varias configurações personalizadas, as configurações podem ser alteradas em /etc/calamares/modules.




Adição da entrada Persistence no menu de boot da live Debian.





Redução do tamanho da janela do APP para uso em notbooks e criação da remasterização em maquina virtual, para as duas versões.





Remoção do swapfile e reativação apos a criação da imagem .iso na versão Ubuntu.

Correções para o isolinux nas duas versões.

Correção devido ao fim do gksu.

Correção para a incompatibilidade do Live Debian Gnome ao Wayland.

Correções para GDM3 e SDDM.

Aumento da capacidade da .iso de 4 GB para 7.9 GB na versão Debian.

Reformulação da janela de Ação para a versão Ubuntu.




Download


Faça o download para o seu sistema operacional.


Para Debian Buster ( Não adianta tentar usar em versões anteriores )

remaster-gtk-debian_2.3.7_all.deb
Para Ubuntu 18.04 ( Não adianta tentar usar em versões anteriores )

remaster-gtk-ubuntu_2.3.7_all.deb


Instalação



Feito o download entre na pasta que o fez e instale com o dpkg.

sudo dpkg -i remaster-gtk-debian_2.3.7_all.deb

Ou

sudo dpkg -i remaster-gtk-ubuntu_2.3.7_all.deb 


Corrija as dependências com o comando abaixo.

sudo apt install -f


Dicas para evitar problemas.



Só crie uma remasterização do sistema integro,se o seu sistema tiver problemas eles serão refletidos na remasterização.
Nunca instale drivers de vídeo no sistema a ser remasterizado,no caso de fazer em maquina virtual não instale os adicionais para convidados.
Só use gerenciadores de login dos mencionados na lista de sistemas testados no Remaster,se usar algum diferente corre o risco de ficar sem login automático no live DVD,nesse caso vai precisar de senha para logar,ela é live.
Cuidado com versões muito atuais de kernel.
Cuidado com customizações de grub e vídeo,só faça se realmente souber o que está fazendo.
Procure sempre fazer alterações de aparência na raiz do sistema,assim elas dão menos problemas que as usadas do seu user via /etc/skel,leia o manual na interface do Remaster.
Só instale programas do repositório oficial da sua distribuição.
Evite encher o sistema de programas.
Não use autologin no sistema base.
Só use o Remaster para fins pessoais,para ter um backup do seu sistema,para uma iso de manutenção.
Se por um acaso achar que subir a sua iso estará ajudando o GNU/linux,está errado,procure nos mantenedores da sua distribuição algum projeto que você possa ajudar,até mesmo responder perguntas em foruns é muito mais valioso que lançar mais uma remasterização.


Contribua


Que tal contribuir para o desenvolvimento e manutenção do Remaster ?

Para isso você pode usar um dos links abaixo, fácil né ?

Seja um colaborador.


Donate - Contribua para a melhoria do nosso trabalho!!














4 comentários:

  1. A iso criada só inicia pelo virtualbox, num PC real não inicia. A BIOS foi modificada para iniciar pela mídia, USB por exemplo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A imagem de boot é a mesma para maquina real e Vm, se inicia na Vm o erro está na gravação do pendrive ou no seu bios, verifique ambos. OBS: No Ubuntu isso pode ser comprometido devido a erros do Casper, ai nesse caso vai ter que esperar a Canonical corrigir, é raro, mas já ocorreram algumas vezes. Mistureba de kernel e ou kernel de terceiros pode causar isso.

      Excluir
  2. Boas,
    O SLIM é suportado?
    Obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só testei os gerenciadores de login padrão, mas nada impede de vc testar e talvez adaptar ele.

      Excluir