Menu

quarta-feira, 21 de março de 2018

Forçar a verificação de disco na inicialização do seu GNU/Linux

Confira nessa matéria como executar o fsck e o e2fsck na inicialização do seu sistema para correção de problemas no sistema de arquivos do seu disco rígido.









fsck


O fsck é usado para verificar e, opcionalmente, reparar um ou mais sistemas de arquivos Linux.

Filesys pode ser um nome de dispositivo (por exemplo, / dev / hdc1, / dev / sdb2), um ponto de montagem  (por exemplo, /, / usr, / home), ou um rótulo ext2 ou especificador UUID (por exemplo, UUID = 8868abf6-88c5-4a83-98b8-bfc24057f7bd ou LABEL = raiz). Normalmente, o programa fsck tentará lidar com sistemas de arquivos em diferentes unidades de disco físico em paralelo para reduzir o tempo total necessário para verificar todos eles.

Se nenhum sistema de arquivos for especificado na linha de comando, e a opção -A não for especificada, o fsck terá como padrão a verificação dos sistemas de arquivos em /etc/fstab.




Verificação 


Você não pode fazer a verificação em um sistema de arquivos montado, normalmente se usa um live cd para fazer essa verificação e possíveis correções no seu disco rígido.

Mas você também pode fazer isso na inicialização antes de o disco ser montado.

Para fazer uma unica verificação no próximo boot do sistema, de o comando abaixo em seu terminal de acordo com a necessidade.

Para verificar a Raiz do sistema /.

sudo touch /forcefsck

Para verificar só a /home do sistema.

sudo touch /home/forcefsck

Veja que na partição que o arquivo forcefsck for criado é onde a verificação sera feita.

Note que um arquivo foi criado na sua raiz, agora basta reiniciar a maquina e aguardar a verificação que sera executada no inicio do boot.

Apos a verificação o arquivo é removido automaticamente e para se fazer uma nova verificação você ira precisar criar novamente o arquivo para que o comando seja executado novamente.






tune2fs



O tune2fs permite que o administrador do sistema ajuste vários parâmetros ajustáveis do sistema de arquivos nos sistemas de arquivos Linux ext2, ext3 ou ext4. Os valores atuais dessas opções podem ser exibidos usando a opção -l para o programa tune2fs  ou usando o programa dumpe2fs.

Verificação programada


Podemos usar o tune2fs para programar a verificação automática do disco, isso pode ser útil em discos que não estejam com sua saúde muito boa, e você por infelicidade não está em condições de fazer a substituição.

Note que isso não ira resolver seu problema, no máximo ira te dar algum tempo para realizar a substituição do disco danificado fisicamente.

Em primeiro lugar você precisa identificar o disco que deseja programar a verificação, para isso de o comando abaixo no seu terminal.

sudo fdisk -l


Nesse exemplo a raiz está em /dev/sda1.




O tune2fs pode ser programado para a x inicializações fazer a verificação dos discos pelo e2fsck, no exemplo abaixo se define a contagem de boot em TT.

tune2fs -c TT /dev/sda1

Supondo que você queira a verificação a cada 5 boots altere o TT por 05.

tune2fs -c 05 /dev/sda1
O comando deve ser dado como root. veja o exemplo abaixo.

sudo tune2fs -c 05 /dev/sda1


Veja no vídeo abaixo a verificação do disco no boot.



Donate - Contribua para a melhoria do nosso trabalho!!























Nenhum comentário:

Postar um comentário