Menu

terça-feira, 12 de dezembro de 2017

Uso do live CD/DVD GNU/Linux

Muito se fala do uso das imagens live, mas apenas com a finalidade de testar o sistema operacional que tem interesse.
Veja nessa matéria que um live vai além de meros testes.




Imagens Live


Uma das primeira remasterizações a usarem o sistema live foi a knoppix.

Um Live nada mais é que um backup de um sistema operacional, por esse motivo passou a ser adotado por todas as remasterizações pela comodidade e claro sem ser em backup ela não existiria, algumas distribuições também adotaram esse sistema como uma forma de fornecer uma amostra de seu sistema operacional.






Uma das facilidades implantadas com os live é a instalação do sistema operacional no disco rígido, que na verdade é apenas uma cópia do backup para o disco portanto quase todas os sistema em live vem com um instalador ( Debian no momento está sem instalador live ).




Algumas remasterizações já contam também com aplicativos de recuperação do grub.




Segurança


Uma das características do live é o fato de ele não aceitar gravação, você simplesmente não consegue alterar o sistema de forma definitiva, tudo o que é alterado, basta uma reinicialização e são desfeitas todas as alterações, voltando o sistema ao seu estado original.

Isso pode ser usado para casos de uso de ferramentas hacker, com isso você reduz consideravelmente seus rastros

Você também pode usar o live para instalar programas novos sem correr o risco de danificar o seu sistema de produção.


Você pode navegar a vontade na internet sem deixar rastros em seu sistema de onde foi e nem do que fez.




Ferramentas


Você também pode usar o live para:

Recuperar uma instalação danificada do GNU/Linux utilizando o chroot.

Fazer reparos no sistema de arquivos de discos rígidos.

Recuperar senhas de usuário.

Particionar discos, mover partições, juntar partições, toda e qualquer manipulação de discos rígidos.

Recuperar dados sem correr riscos de subscrever dados perdidos.

Fazer backup.


Fazer manutenção em outros sistemas operacionais que não sejam GNU/Linux.




Familiaridade


Com o sistema live você pode criar o seu próprio live, com os aplicativos que usa e o levar para qualquer outro computador, tendo assim um sistema operacional completo, pronto para o uso e que você esteja completamente familiarizado, melhorando assim a sua produção em uma maquina que não seja a sua.


Emergência


Ninguém está livre de o disco rígido dar problemas de forma inesperada, tendo um live gravado e guardado, você pode continuar usando seu computador até que consiga substituir o disco rígido danificado.

Mas para que isso seja plenamente eficaz, tenha sempre backup de seus trabalhos em nuvem para que possa continuar trabalhando em live.



Apresentação


O live te proporciona configurar uma distribuição para uma determinada finalidade e fazer demonstrações em outras maquinas, muito útil no caso de você querer implementar o GNU/Linux em uma empresa, escolas ou outros órgãos.

Até mesmo servidores você pode usar o sistema live.

Isso pode agilizar a aceitação da sua proposta com uma visão real do que está propondo.





Donate - Contribua para a melhoria do nosso trabalho!!











Nenhum comentário:

Postar um comentário