Menu

quarta-feira, 20 de dezembro de 2017

Debian Stretch libre

Muito se fala de liberdade, de free, mas muitos nem fazem ideia do que isso significa e muito menos como o ser de fato.
Veja nessa matéria como ser livre.







OBS: Nessa matéria iremos usar repositório de terceiros, casa não concorde com essa pratica, fique totalmente a vontade para não seguir essa matéria.

Liberdade


Liberdade no GNU/Linux é o uso de software e hardware free ou ao menos o seu software ( firmware ) seja free.







Um programa é software livre se os usuários possuem as quatro liberdades essenciais:


A liberdade de executar o programa como você desejar, para qualquer propósito (liberdade 0).

A liberdade de estudar como o programa funciona, e adaptá-lo às suas necessidades (liberdade 1). Para tanto, acesso ao código-fonte é um pré-requisito.

A liberdade de redistribuir cópias de modo que você possa ajudar ao próximo (liberdade 2).

A liberdade de distribuir cópias de suas versões modificadas a outros (liberdade 3). Desta forma, você pode dar a toda comunidade a chance de beneficiar de suas mudanças. Para tanto, acesso ao código-fonte é um pré-requisito.




Debian Stretch libre


Vamos ao que de fato interessa, Debian mesmo tendo repositórios bem separados, ele não é free, pois usa kernel com blobs.

Mas podemos arrumar isso usando o kernel (Linux) libre.

Instalação do Debian


Obrigatoriamente você deve usar o Debian oficial e sem firmware non-free, para isso faça o download no link abaixo.



Feito o download faça a instalação apenas do sistema básico sem interface gráfica, isso para garantir maior limpeza do sistema.

No final da matéria o vídeo com todo o processo.

Comando para a instalação da interface gráfica.

apt install xinit lightdm xfce4 xfce4-terminal mousepad network-manager network-manager-gnome

Linux Libre







Você é Livre no GNU/Linux ?

A resposta é Não.

O Linux já tem muitos anos que não é livre, ele contem pacotes fechados responsáveis por fazer o seu hardware funcionar, os Binary Blob, além de firmware distribuído nos servidores das distribuições que não são livres, mas na grande maioria dos casos esses pacotes são indispensáveis para que você use o GNU/Linux em seu computador, infelizmente a lista de hardware que funcionam satisfatoriamente com firmware livre é muito reduzida.
Mas isso também não justifica você banalizar chutando o pau da barraca e usar programas proprietários indiscriminadamente no seu sistema, como os proprietários já para gnu/linux e pior ainda usar proprietários windows e muitas vezes se não 100% crackeados, e sair gritando que usa Linux e é livre, não você é só um babaca escravo de programas proprietários e faz gambiarras (wine) para os usar no GNU/Linux, um duro morto de fome que usa um sistema só por ser gratuito.

Na minha opinião o negocio é dosar o uso de pacotes proprietários, usando só o indispensável para o hardware e só, a maior parte da segurança no GNU/linux está justamente em o software ser livre ou aberto e principalmente ser distribuído integralmente por uma comunidade ou empresa, nada dessa modinha de programas de terceiros, GIT, PPA, AUR e afins, nesses casos use por sua total conta e risco, mas lembre sempre, essas serão as portas de entrada de pragas virtuais no GNU/linux, isso se já não são, 100% não usa antivírus e grande parte não tem conhecimento para ler os fontes, vão tudo na fé, afinal de contas no mundo GNU/linux só tem anjinhos :)



Para instalar o kernel libre


Com o Debian minimo instalado.

Log como root no terminal com o comando abaixo.

su

Adicione o repositório do Linux Libre a sua sources.list com o comando abaixo.

echo "deb http://linux-libre.fsfla.org/pub/linux-libre/freesh/ freesh main" > /etc/apt/sources.list.d/linux-libre.list

Adicione a chave com o comando abaixo.

wget --no-check-certificate https://jxself.org/gpg.inc ; gpg --with-fingerprint gpg.inc ; apt-key add gpg.inc

Atualizar a lista de pacotes do apt com o comando abaixo.

apt update

Verifique os kernels disponíveis do Linux Libre com o comando abaixo.

apt search linux-libre





Instalar o kernel libre com um dos comandos abaixo.

Linux-libre LTS 

apt install linux-libre-lts

Ou

Linux libre não LTS atual stable.

apt install linux-libre

Ou

Linux libre não LTS  stable.

apt install linux-libre-4.13

Ou

Linux libre não LTS  stable.

apt install linux-libre-4.9

Reinicie o computador com o comando abaixo.

reboot

Log no kernel libre ( Veja o vídeo no final da matéria)





Remover o kernel linux poluído.


Identifique o kernel poluído instalado com o comando abaixo.

apt search linux-image-4 | grep installed




O kernel a ser removido é o linux-image-4.9.0-4-amd64.


Remova com o comando abaixo.

apt remove --purge linux-image-4.9.0-4-amd64

Limpe os residuos com o comando abaixo.

apt autoremove

Reinicie a maquina com o comando.

reboot




Veja no vídeo todo o processo feito.





Donate - Contribua para a melhoria do nosso trabalho!!


















2 comentários:

  1. Sou muito novo no mundo Linux e gostaria de aprender mais.
    Estava lendo esta matéria e fiquei me perguntando.
    Qual a finalidade de fazer este procedimento trocando o linux-image?
    Como disse não sei quase nada mas sou muito curioso.
    Vc poderia me explicar melhor o que eu poderia fazer de mudanças no linux.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Para ser de fato livre, no mais estude o Guia Foca ele ira te ajudar a entender melhor as coisas.

      Excluir