Menu

sábado, 28 de abril de 2018

Correção Warsaw para o seu Debian, Ubuntu e derivados.

O Warsaw vem dando dores de cabeça para funcionar, confira nessa matéria como colocar ele para funcionar.








Warsaw



Modulo de segurança para internet banking.


Em primeiro lugar, esse APP fica rodando como Root em seu sistema, portanto ele tem superpoderes na sua maquina.








Devido a isso recomendo fortemente que não o use em seu computador, como alternativa você pode usar maquina virtual, usou, fechou a VM acabou o perigo.

Aviso dado.

Instalação


Faça o download do Warsaw indicado por seu banco e o instale, na maioria dos casos a instalação é a seguinte.

Instale a dependência com o comando abaixo.

sudo apt install libnss3-tools
Instale o warsaw que fez o download do seu banco com o exemplo abaixo, altere GBPCEFwr64.deb para o nome correto do deb que fez o download.

Exemplo o da Caixa.

Fiz o download do GBPCEFwr64.deb

Feche os navegadores de internet.

O comando para instalação é o seguinte.
sudo dpkg -i ~/Downloads/GBPCEFwr64.deb

Ou simplesmente de duplo click no arquivo que fez o download.

Feita a instalação ele não ira funcionar, de o comando abaixo no terminal para testar.

ps -ef | grep warsaw

Note que o daemon só está sendo executado por seu user e ele precisa rodar com o Root.








Solução


Para resolver esse problema siga os passos abaixo.

Log como root

su
Ou para Ubuntu

sudo su


Entre no diretório do warsaw com o comando abaixo.

cd /usr/local/lib/warsaw 

Remova os arquivos abaixo e crie links simbolicos no lugar com os 3 comandos abaixo, um a um.

rm ld-linux-x86-64.so.2 ; ln -s /lib/x86_64-linux-gnu/ld-linux-x86-64.so.2 

rm libc.so.6 ; ln -s /lib/x86_64-linux-gnu/libc.so.6 

rm libpthread.so.0 ; ln -s /lib/x86_64-linux-gnu/libpthread.so.0 

rm libdl.so.2 ; ln -s /lib/x86_64-linux-gnu/libdl.so.2

Defina o atributo do diretório

chattr +a /usr/local/lib/warsaw/ 

Ative o warsaw no systemd

systemctl enable warsaw 

Inicie o warsaw no systemd

systemctl start warsaw 
Execute o wardaw 

/usr/local/bin/warsaw/core
Reinicie o computador

restart

Faça novamente o teste com o comando abaixo.

ps -ef | grep warsaw



Fonte

Pode acessar o seu banco e ira funcionar.

Testado no Chrome e Firefox
Donate - Contribua para a melhoria do nosso trabalho!!













22 comentários:

  1. Sou utilizador de Arch Linux, e há muito não conseguia acessar minhas contas pelo meu computador, o que era bem triste! Segui esse tutorial e com uma pequena mudança (aonde cria-se o link simbólico ln -s /lib/x86_64-linux-gnu/<> , eu precisei fazer ln -s /lib/<>). Muito obrigado!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Legal que conseguiu mano, e de quebra ainda deixou a dica pros Arch user ;)

      Excluir
  2. No meu caso não funcionou nem no firefox e nem no google chrome.No teste feito aparece uma linha como root na outra usuário e na seguinte root de novo.Ubuntu 18.04LTS

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se carregou como root não tem porque não funcionar, seu problema é alguma alteração que tenha feito no navegador, revise isso com atenção.

      Excluir
    2. Não fiz nenhuma alteração no navegador que eu me lembre,segui a risca a dica, mas acabei achando uma solução intermediaria baixei o firefox 57 rodo na própria pasta,agora funcionou de boa.

      Excluir
  3. Bom dia. Comigo funcionou parcialmente. No Chrome não funcionou. Testei para BB e Caixa. No firefox (minha versão é a 59 - 64bits), para o BB, abriu a tela de autenticação, que não estava abrindo antes; No site da Caixa dá a seguinte mensagem: "Sistema temporariamente indisponível. [EG:04WswVPc]". Não sei se é problema no site ou no meu sistema. Não testei em outro PC que funcione.

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Consegui instalar pro Itaú, fazendo o que tu falou, mudei o comando para:

    Sudo dpkg -i ~/Downloads/warsaw_setup_64.deb

    Dei o comando ps -ef | grep warsaw após reiniciar

    marcelinux@marcelinux-AB350M:~$ ps -ef | grep warsaw
    root 1069 1 0 08:58 ? 00:00:00 /usr/local/bin/warsaw/core
    marceli+ 1516 1 0 08:59 ? 00:00:00 /usr/local/bin/warsaw/core
    marceli+ 2613 2602 0 09:01 pts/0 00:00:00 grep --color=auto warsaw
    marcelinux@marcelinux-AB350M:~$

    Só que o nome warsaw nas linhas acima aparecem em vermelho, é assim mesmo?

    ResponderExcluir
  6. Sempre que há atualização de kernel, preciso reinstalar o warsaw (debian e ubuntu) nos PC/notebooks. Tem como regularizar isso?

    ResponderExcluir
  7. No Kubuntu 18.04. funciona perfeitamente para o módulo da Caixa, mas somente para o Google-Chrome (66.0.3359.139 64 bits). Para o Firefox (59.0.2 64-bit) foi necessário exportar, no Chrome, o certificado "Warsaw Personal CA.p7c" e importar no Firefox.
    Belo trabalho e obrigado por compartilhar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. VLW pela dica mano, isso sera util aos demais :)

      Excluir
  8. No meu caso o warsaw estava sendo executado apenas como usuário comum.
    O site dizia que o módulo de segurança não estava instalado.
    Fiz os comandos e ele ficou sendo executado como root e consegui logar no Mozilla e chrome.
    Uso Debian Testing (Buster).

    ResponderExcluir
  9. Ricardo sempre acompanho suas dicas e venho por aqui procurar soluções quando tenho problemas no meu ubuntu e essa foi show... Te amo irmão auHUAHUHauH Obrigado!!! uhuuuuu xD

    ResponderExcluir
  10. Quando coloco o comando para iniciar o warsaw vem a seguinte mensagem:
    See "systemctl status warsaw.service" and "journalctl -xe" for details

    Utilizo o Manjaro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A matéria é pra Debian é Ubuntu, de o comando indicado e busque a solução na documentação do manjaro.

      Excluir
  11. Acabo de seguir os comandos no Ubuntu 18.04 e deu super certo! Muito obrigado!!!

    ResponderExcluir
  12. Faltou apenas o(s) passo(s) para remover o warsaw depois de todas essas modificações.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso é só uma questão de ler comando, o básico do básico. Em todo caso apenas reverta isso
      chattr +a /usr/local/lib/warsaw/
      Note o +a travando o arquivo, reverta usando o -a.
      chattr -a /usr/local/lib/warsaw/
      Pronto agora é só apt remove pacote, simples de tudo.
      Caso tenha dificuldade em ler comandos o Guia foca ira te ajudar.

      Excluir
  13. Meu sonho é fazer "saporra" funcionar, já fiz de tudo e agora vi esse tuto e tentei também mas continuo sem solução. Eu uso atualmente Linux Mint 18.3 Sylvia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nisso ai é difícil até saber o que tem escondido nele. Use uma distribuição de verdade cara, isso ai já fez besteiras d+, cuidado.

      Excluir
  14. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir