Menu

sábado, 4 de novembro de 2017

Criar atalhos para programas Snappy e Flatpak no seu GNU/Linux

Vários programas instalados utilizando o Snappy e o Flatpak não criam atalhos no menu, veja nessa matéria algumas dicas de como criar os seus atalhos para seus snappy e flatpak.








Painel



Todos os ambientes gráficos mais usados tem um painel a barra com os lançadores, quando você abre um programa tanto Snappy quanto Flatpak o seu ícone é exibido no painel como na imagem abaixo o  Skype no KDE Plasma.





Para criar o lançador no painel, basta você dar click direito no ícone do programa e em seguida clicar em "Fixar".





Note que o programa foi fechado e o ícone ficou salvo no painel.





Menu ou Desktop



Para criar o atalho no menu, alguns ambientes gráficos tem ferramentas e outros não tem, optei por mostrar uma forma padrão e que ira funcionar para qualquer ambiente gráfico.


Para criar no Menu



Abra o seu terminal e de o comando abaixo para entrar no diretório de atalhos para o menu do seu usuário.


cd ~/.local/share/applications

Para criar no Desktop


cd ~/Desktop

Dependendo do ambiente gráfico seu desktop tem o nome em PTBR, nesse caso seria.

cd "~/Área de trabalho"


Para Menu e Desktop



Exemplo do nome do lançador.

Nome do Programa.desktop

Sempre mome + a extensão .desktop

Exemplo Skype:


De o comando no terminal para criar o lançador.


nano Skype.desktop


Abaixo o conteúdo detalhado para o lançador, você só deve alterar o que está em vermelho.


[Desktop Entry]
Type=Application
Version=1.0
Name=Nome do aplicativo
Comment=Uma breve descrição do aplicativo
Icon=/endereço/do/ícone/icon.png do aplicativo ou o comando para executar o aplicativo
Exec=comando para executar o snappy ou flatpak, é o mesmo que usou para instalar o app
Terminal=false
StartupNotify=false
Categories=Network; A categoria que o aplicativo deve aparecer no menu


No caso do Skype por Flatpak fica assim.


[Desktop Entry]
Type=Application
Version=1.0
Name=Skype
Comment=Skype Internet Telephony
Icon=com.skype.Client
Exec=flatpak run com.skype.Client
Terminal=false
StartupNotify=false
Categories=Network;


No nano aberto no terminal




Com tudo pronto, tecle Ctrl + x tecle s para salvar e tecle enter para fechar.


Vá ao seu menu e o atalho já se encontra nele, na categoria escolhida.






Se preferiu criar no desktop, o atalho está nele.






Por aplicativo



Alguns ambientes graficos tem o recurso de criar atalhos ( lançadores) pelo menu de contexto ( Menu exibido ao dar click direito)


Nesse caso você deve entrar no diretório que deseja o que tenha o atalho pelo seu gerenciador de arquivos.


Locais


Para o menu é em /home/seunomedeuser/.local/share/applications é um diretório oculto, portanto no seu gerenciador de arquivos, mande exibir arquivos ocultos.

De click direito em uma area livre da pasta e procure por Novo Lançador, Novo Atalho, Criar novo , termos assim, varia de ambiente para ambiente, mas a função é parecida e tem o mesmo resultado.

No caso do KDE Plasma é Criar novo > Atalho para aplicativo




Esse é o criador de atalhos do KDE Plasma.




Click em "Aplicativo".

Preencha com os dados dados para a criação manual do aplicativo.




Para o icone vá em "Geral > Opções do tipo de arquivo. Click na imagem do ícone.



Todos os aplicativos de criação de atalhos tem uma seleção para o tipo de aplicativo para o ícone, sempre use o "Todos", isso almenta a chance de ser encontrado um ícone em seu sistema na pesquisa pelo nome do programa. Mas caso não encontre, você deve fazer o download da .png da logo do aplicativo e usar a opção "Outros .." apontando para o local que salvou a imagem que ira usar para o seu atalho.




Com tudo pronto click em ok.

Click em Aplicar e em seguida OK e seu atalho sera criado.




No XFCE4 é bem mais simples e tudo em uma unica tela.





No Mate também é bem simples a criação e tudo em uma unica tela.





No Cinnamon também a simplicidade impera.




No LXDE e Gnome não tem, use o método manual.


Donate - Contribua para a melhoria do nosso trabalho!!










Nenhum comentário:

Postar um comentário