segunda-feira, 7 de outubro de 2013

Conky transparente no KDE.

Vou aqui mostrar uma maneira simples de você ter o seu conky com transparência no KDE.












Método 1


Abra o arquivo de configurações do seu conky,localize essa parte (ela posde variar de configuração para configuração,mas você vai alterar todas as linhas que iniciam com own_window.

own_window yes
own_window_type normal
own_window_argb_visual yes
own_window_transparent yes
own_window_hints undecorated,below,sticky,skip_taskbar,skip_pager

Altere para

own_window yes
own_window_type normal
own_window_argb_visual yes
own_window_argb_value 51
own_window_transparent no
own_window_hints undecorated,below,sticky,skip_taskbar,skip_pager
own_window_colour 000000

Salve e feche o arquivo.

Explicando onde você pode ajustar as novas configurações.
A linha abaixo configura a intensidade da transparência,aqui usamos o valor 51 ,quanto maior o valor menos transparente e logicamente quanto menor o valor mais transparente fica o seu conky.
OBS:Para conky que usem imagens procure sempre valores acima de 50,do contrario danifica muito as imagens e evite papeis de parede muito claros.

own_window_argb_value 51

Aqui vamos definir a cor do fundo,no exemplo está preto 000000

own_window_colour 000000

Aqui uma tabela com as cores html e seus códigos para você usar na sua configuração do conky.



Método 2


Instale o feh
Abra o terminal e de os comandos abaixo na sequencia.

su
apt-get install feh


Add a linha abaixo no final do seu conkyrc,salve e abra o conky


${execi 1000 feh --bg-scale "`grep 'wallpaper=' ~/.kde/share/config/plasma-desktop-appletsrc | tail --bytes=+11`"}

Nesse método deixe as linhas do own_window assim.

own_window yes
own_window_type normal
own_window_argb_visual yes
own_window_transparent yes
own_window_hints undecorated,below,sticky,skip_taskbar,skip_pager

OBS: só vai funfar com wallpaper add por você,os do sistema não funciona e configure a imagem para 'Escalonado'

Note que as imagens da meteorologia ficaram bem melhores nesse método.

Nenhum comentário:

Postar um comentário