sexta-feira, 16 de agosto de 2013

Instalar o gnome shell e classic no Ubuntu

Essa é para quem não teve uma boa experiência com o compiz e seu Unity,deseja ter mais liberdade em um ambiente menos engessado,obter mais produtividade e menos pirotecnia.
Iremos aqui instalar o gnome shell e o classic,resolver as armadilhas de dependências e remover o unity da sua maquina.








Em primeiro lugar vamos desfazer a forçação de barra da canonical em empurrar a instalação do unity quando se instala o shell 3,para isso de o comando abaixo no terminal e tecle enter.

sudo apt-get remove --purge gnome-session

Agora vamos reinstalar o gnome-session,mas sem a dependência forçada.

sudo apt-get install --no-install-recommends gnome-session


De o comando abaixo para instalar o gnome shell

sudo apt-get install gnome-shell gnome-panel gdm


Agora vamos nos libertar do compiz e seu plugin,de o comando abaixo e tecle enter.

sudo apt-get remove --purge unity-*

Como eles não desistem,mais uma vez vamos arrumar as dependências indesejáveis e reinstalar o gnome-session,claro o unity levou ele junto.

sudo apt-get install --no-install-recommends gnome-session


Reinstalar mais alguns pacotes que foram junto com o unity.

sudo apt-get install brasero brasero-cdrkit nautilus-sendto nautilus-share shotwell thunderbird-gnome-support ubuntuone-control-panel gnome-tweak-tool system-config-printer-common system-config-printer-gnome system-config-printer-udev apt-clone archdetect-deb avahi-utils btrfs-tools dpkg-repack duplicity empathy-common


Atualize o sistema

sudo apt-get upgrade

O arremate final

sudo apt-get autoremove


Agora basta reiniciar a maquina e escolher no login,gnome ou gnome classic.


Gnome-shell


Gnome classic





OBS: Para quem quiser manter o lightdm troque o comando 

sudo apt-get remove --purge unity-*

POR

sudo apt-get remove appmenu-qt appmenu-gtk appmenu-gtk3 overlay-scrollbar unity unity-2d unity-2d-common unity-2d-panel unity-2d-shell unity-2d-spread unity-asset-pool unity-common unity-lens-applications unity-lens-files unity-lens-music unity-lens-video unity-scope-musicstores unity-scope-video-remote unity-services indicator-messages zeitgeist zeitgeist-core zeitgeist-datahub activity-log-manager-common activity-log-manager-control-center liboverlay-scrollbar3-0.2-0 liboverlay-scrollbar-0.2-0

E para instalar o gnome-shell remova o gdm,ficando assim o comando

sudo apt-get install gnome-shell gnome-panel

O restante fica da mesma forma.




O motivo disso se deve ao fato de o plymouth e o lightdm serem instalados por meio de meta pacotes, e a remoção do lightdm quebra o plymouth tornando impossível reconfigurar um ou o outro.


3 comentários:

  1. Show de bola! Um quebra-galho mais simples é instalar o pacote "gnome" e trocar a sessão, mas não havia conseguido eliminar de vez o Unity.
    Restam duas dúvidas: ao instalar o compiz, caso queira usar o Gnome Classic, ele puxa de volta algo do Unity? Esse procedimento manda pro espaço também o lightdm substituindo pelo gdm, ou permite manter o lightdm?

    ResponderExcluir
  2. O compiz fica cara,pode usar ele de boa no fallback.
    Quanto ao lightdm,você tem razão,amanha no trampo eu testo uma forma de deixar ele,com o minimo de dependências do unity.

    ResponderExcluir
  3. Se você remover o Unity com o comando "sudo apt-get remove --purge unity-*", o Lightdm vai para o espaço porque a dependência dele para dar a aparência que tem no Ubuntu é o pacote unity-greeter. Já removi ele uma vez e não consegui consertar. Tive de reinstalar.
    Então o correto é remover os pacotes do Unity manualmente mesmo, sem remover o unity-greeter, e na hora que o GDM for instalado, escolher o lightdm ao invés dele.

    Dê um "dpkg --get-selections | grep unity" para ver o nome dos pacotes.

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.