terça-feira, 27 de maio de 2014

Ubuntu tweak

O ubuntu tweak é uma ferramenta gráfica de customização e configuração do sistema, para o Ubuntu.
Vamos conhecer um pouco melhor essa ferramenta nesse artigo.





Para poder instalar o ubuntu-tweak você precisa da PPA tualatrix e para adicionar ela abra o terminal e de o comando abaixo.

sudo add-apt-repository ppa:tualatrix/ppa

Atualize o apt-get com o comando abaixo

sudo apt-get update

 Instale o ubuntu-tweak com o comando abaixo

sudo apt-get install ubuntu-tweak

 Conhecendo o ubuntu-tweak

 A tela inicial traz informações do seu hardware e do sistema.


A guia Aplicativos ajuda na instalação de programas, mas um problema,o Gimp já está instalado,portanto ela lista todos os arquivos,instalados ou não como não instalados,está bugada.



A guia Ajustes vem com varias ferramentas,que irei descrever abaixo.



Fontes faz alteração nas fontes do sistema


Outras opções, traz algumas alterações do sistema.


Som, ajustes para o tema de efeitos sonoros do sistema


Configurações de login, note que está Bloqueado, click no botão 'Desbloquear' para fazer alterações na tela de login.


Espaço de trabalho


Love wallpaper , traz varios papeis de parede para você adicionar ao seu desktop


Unity, traz todas as configurações do plugin Unity, sem a necessidade de instalar o configurador do compiz.


Ícones da área de trabalho, habilita o uso da área de trabalho tradicional e seus ícones.


Gerenciador de arquivos, são configurações do Nautilus


Soluções alternativas



A guia Administradores vem com ferramentas interessantes




Editor de listas rápidas, adiciona e remove atalhos da barra lateral


Modelos


Pasta do usuário, você pode escolher outra localização para essas pastas, util para quem usa dualboot e tem seus dados em uma partição.



Scripts, são adicionados ao menu de contexto do nautilus (o click direito), muito útil



Editor de fontes, permite alterar a sources.list de forma mais amigavel e resolver problemas na mesma, como erros no apt-get de endereços não encontrados, nesse caso basta ver no terminal o endereço e remover a linha correspondente a ele na ferramenta, outro erro comum é o de endereços duplicados, identifique pelo terminal,localize os endereços na ferramenta e remova um deles.


Gerenciador de tipos de arquivos, especifica com que aplicativo um determinado arquivo sera aberto.


Conclusão, tudo o que está ai tem nas configurações do sistema, no dconf e no terminal, a vantagem é que ai está tudo junto e de forma mais amigável,recomendado para o usuário iniciante, mas esse deve ir aprendendo a lidar com as ferramentas nativas, um dia vai precisar delas.




Nenhum comentário:

Postar um comentário