Menu

domingo, 10 de junho de 2018

Zram no Debian, Ubuntu e derivados

Melhore o desempenho do seu sistema compactando os dados da memória ram com o Zram, uma boa alternativa para quem tem menos de 4 GB de memória ram.










Zam

O zram, antigamente chamado de compcache, é um módulo do kernel do Linux para criar um dispositivo de bloco compactado na RAM, ou seja, um disco RAM, mas com uma compressão "disco" dinâmica. O dispositivo de bloco criado com o zram pode ser usado para swap ou como disco RAM de propósito geral. Os dois usos mais comuns para o zram são para o armazenamento de arquivos temporários (/ tmp) e como um "disco" de troca. Inicialmente, o zram tinha apenas a última função, daí o nome original "compcache" ("cache compactado").

Após quatro anos na área de migração de drivers do Linux, o zram foi introduzido no kernel Linux principal na versão 3.14, lançado em 30 de março de 2014.A partir do kernel do Linux versão 3.15 em diante (lançado em 8 de junho de 2014), o zram suporta múltiplos fluxos de compressão e múltiplos algoritmos de compressão. Algoritmos de compressão incluem LZ4 e LZO. O padrão é LZ4, que é mais rápido na compactação / descompactação, mas não compacta tão eficientemente quanto LZΟ. Como a maioria dos outros parâmetros do sistema, o algoritmo de compressão pode ser selecionado via sysfs.

Quando usado como um espaço de troca compactado, o zram é semelhante ao zswap, que não é um disco RAM de propósito geral, mas sim um cache compactado no kernel para páginas de troca. No entanto, ao contrário do zswap, o zram não pode usar um disco rígido como um armazenamento de apoio, ou seja, ele não pode mover páginas usadas com menos frequência para o disco. Por outro lado, o zswap requer um armazenamento de apoio, enquanto o zram não.

Quando usado para swap, o zram (como zswap também) permite ao Linux fazer uso mais eficiente da RAM, já que o sistema operacional pode conter mais páginas de memória no swap compactado do que se a mesma quantidade de RAM tivesse sido usada como memória de aplicativo ou cache de disco. Isso é particularmente eficaz em máquinas que não têm muita memória.Em 2012, o Ubuntu considerou brevemente habilitar o zram por padrão em computadores com pequenas quantidades de RAM instalada.

Um espaço de troca compactado com o zram / zswap também oferece vantagens para dispositivos de hardware de baixo custo, como dispositivos incorporados e netbooks. Esses dispositivos geralmente usam armazenamento baseado em flash, que tem vida útil limitada devido à amplificação de gravação e também o utiliza para fornecer espaço de troca. A redução no uso do swap como resultado do uso do zram reduz efetivamente a quantidade de desgaste colocado em tal armazenamento baseado em flash, resultando no prolongamento de sua vida útil. Além disso, usar o zram resulta em uma E / S significativamente reduzida para sistemas Linux que exigem troca.

O Chrome OS do Google usa o zram por padrão desde 2013. O Android inclui o zram desde a versão 4.4. O Lubuntu também começou a usar o zram em sua versão 13.10.





Indicação


O Zram para a realidade atual é indicado para quem tenha nenos de 4 GB  de memória ram, isso praticamente independe de ambiente gráfico diante das realidades de consumo de ram dos  aplicativos atualmente.

Os maiores vilões no consumo de ram são os navegadores de internet e 4 GB de ram pode ser pouco dependendo de seus hábitos no uso desses  programas.

Mas com o Zram você pode minimizar esse problema com a compactação dos dados na memória ram e liberar alguns MB de memória para o uso de outros APP, o que pode não resolver a sua deficiência de memória ram, mas com certeza ira amenizar essa deficiência.

Instalação


Para Ubuntu

Libre o repositório universe em "Programas e atualizações"

Abra o terminal e de o comando abaixo para instalar.

sudo apt install zram-config


Para Debian



O Debian não tem o pacote zram-config nos repositórios, para facilitar a instalação iremos usar o .deb do Ubuntu.

OBS: Caso não concorde com o uso de pacotes de fora do repositório, fique a vontade para não fazer, apesar de nesse caso ser uma recomendação da wiki Debian.

Faça o download do pacote com o comando abaixo.

wget http://mirrors.edge.kernel.org/ubuntu/pool/universe/z/zram-config/zram-config_0.5_all.deb

Instala com o comando abaixo.

sudo dpkg -i ~/zram-config_0.5_all.deb

Remova o arquivo que fez o download.

rm -fr ~/zram-config_0.5_all.deb


Verifique com o comando abaixo.

cat /proc/swaps

Ai está, as 4 primeiras são a zram e a ultima a minha swap.


Donate - Contribua para a melhoria do nosso trabalho!!















2 comentários: